Ubuntu Phone OS

Depois de muita “pouca” espera, a Canonical revelou seu novo produto: Ubuntu Phone OS.

O conceito de touch foi bem explorado. Podemos ver que a Canonical soube como fazer barulho na comunidade e, no horário esperado, todos os olhos estavam voltados para o anuncio da Canonical.

O produto é uma expansão do Ubuntu for Android. Segundo a página oficial do projeto, é um smartphone que, ao mesmo tempo, é um computador completo. Infelizmente, ainda não há nenhuma empresa com planos de lançar um aparelho equipado com o Ubuntu Phone OS, mas todas as informações serão liberdas durante a CES deste ano, que será do dia 07 ao dia 11 de janeiro.

O Ubuntu Phone OS traz toda a interface conhecida do Ubuntu, seja no sistema operacional para computadores ou na Ubuntu TV. Uma experiência única de integração entre sistemas. Aliás, o ponto forte deste sistema é sem dúvida a sua interface incrivelmente bem aproveitada ao nível de funcionalidades. Veja o vídeo e verá que existe uma infinidade de novas funcionalidades acessíveis de forma incrivelmente rápida, uma delas é o HUD via voz!

Segundo o OMG! Ubuntu!, o sistema funcionará também em aparelhos conhecidos como low-end, que, para os usuários Android, sempre ficam em segundo plano. Curiosamente, também é o plano do Firefox OS, da Mozilla, parceira da Canonical.

IDE para desenvolvimento de aplicaçõesMOs aplicativos para o Ubuntu Phone OS serão, como no Firefox OS, em HTML5, facilitando a sua criação. Isto significa que qualquer um pode criar aplicativos para o Ubuntu Phone OS. Aliás, uma das grandes novidades deste sistema é o IDE que está a ficar pronto para facilitar todos aqueles que querem participar ativamente no enriquecimento do Ubuntu Phone OS!

Outro diferencial é que não há tela de bloqueio e sim a tela de boas vindas, em que aparecem notificações (como novos tuítes ou novas mensagens) e que todos os cantos da tela mostram funcionalidades: na esquerda, os aplicativos favoritos (como no Unity para desktop). Uma funcionalidade que poderia estar disponível no Android é a troca de aplicativos. No Ubuntu Phone OS ela está presente: ao arrastar o lado lateral direito para o centro da tela, você poderá ir para o aplicativo anterior. Quase como num computador. A ideia de multi tarefa é explorada de forma eficaz e (aparentemente) verdadeira.

Barra de notificações do Ubuntu phone OSA barra de notificações, apesar de ser bem similar com a do Android, iOS e Windows Phone, é bem diferente. Ao arrastá-la para baixo e depois para os lados, você vê notificações do aplicativo que você escolher. E o melhor, depois disso, ele automaticamente é aberto. Bem organizado e diferente.

Para 2013, ainda estão agendadas duas novas versões do Ubuntu: 13.04, a ser lançada em abril e a 13.10, a ser lançada em outubro. O foco mobile será explorado e é possível que, em breve, o Ubuntu esteja disponível em todas as plataformas: PC (desktop e portáteis), TV, tablets e smartphones. A nova versão, 13.04, trará novidades que estarão no Ubuntu Phone OS. O HUD aceitará comandos de voz e o dash apresentará modificações (veja a imagem abaixo).HUD on ubuntu PhoneM

Toda a comunidade e o software livre só tem a ganhar com isso. E é este o foco: o Linux cada vez mais disponível em todas as plataformas. E o trabalho da Canonical nisso é de grande valor, pois colocou o Linux em evidência.

Vídeo de­mons­tra­tivo....Apre­sen­tação do Ubuntu Phone OS

0 Comentários

Ativando e usando o adaptador usb2hdmi com MACROSILICON no Retroarch - Linux Mint

Estava à procura de uma placa de captura baratinha para gravar camera com o OBS e jogar com o Retroarch pra usar no Linux e acabei optando pela Macrosilicon (que na sta efigênia custou R$180,00) preço mediano, mas que gerou muita dor de cabeça para ativar (no windows foi bem tranquilo e o vendedor me afirmou que também funciona no OSX) Tentei por uns 2 meses e nada ativar, mas dai consegui uma solucao que usava pruma antiga placa de captura PCI o V4L !  Vamos aos comandos para ativar: apt-get install v4l-utils ffmpeg para conferir o status dos dispositivos de video: v4l2-ctl --list-devices USB Video: USB Video (usb-0000:00:14.0-2.3): /dev/video1 ASUS USB2.0 Webcam: ASUS USB2.0 (usb-0000:00:1a.0-1.4): /dev/video0 conferindo como ficou : v4l2-ctl --all -d /dev/video1  Driver Info (not using libv4l2): Driver name   : uvcvideo Card type     : USB Video: USB Video Bus info      : usb-0000:00:14.0-2.3 Driver version: 4.15.18 Capabilities  : 0x84200001 Video Capture Stream