Descubra quanto tempo leva para inicializar seu sistema Linux

 Quer descubrir quanto tempo leva para inicializar seu sistema Linux?

Verificando o tempo de inicialização no Linux com systemd analyze. O comando systemd-analyze fornece um detalhe de quantos serviços foram executados na última inicialização e quanto tempo eles levaram.

Se você executar o seguinte comando no terminal




systemd-analyze

"Você obterá o tempo total de inicialização junto com o tempo gasto pelo firmware, carregador de inicialização, kernel e espaço do usuário:"

[user@xxxxx ~]$ systemd-analyze

Inicialização finalizada em 3.650s (firmware)+ 5.220s (loader) + 1.311s (kernel)+ 3.182s (userspace)= 13.364s

.target gráfico alcançado após 2.277s no espaço do usuário

Você pode dividir ainda mais o tempo de inicialização em cada unidade com o comando:

systemd-analisar blame

Isso produzirá uma saída enorme com todos os serviços usados em ordem decrescente

do tempo gasto.

0 Comentários

Red Hat contrata um engenheiro de software cego para melhorar a acessibilidade no desktop Linux

A Red Hat está contratando um engenheiro de software cego para ajudar nos refinamentos de acessibilidade no GNOME, Fedora e RHEL. A acessibilidade em um desktop Linux não é um dos pontos mais fortes a serem destacados. No entanto, o GNOME, um dos melhores ambientes de desktop , conseguiu se sair melhor comparativamente (acho). Em uma postagem no blog de Christian Fredrik Schaller (Diretor de Desktop/Gráficos, Red Hat), ele menciona que eles estão fazendo sérios esforços para melhorar a acessibilidade. Começando com a contratação de Lukas Tyrychtr pela Red Hat , que é um engenheiro de software cego para liderar o esforço para melhorar o Red Hat Enterprise Linux e o Fedora Workstation em termos de acessibilidade. Entre os detaques Estado de acessibilidade no GNOME Enquanto eu mencionei que o GNOME conseguiu ter um suporte de acessibilidade decente no passado, Christian menciona o que aconteceu ao longo dos anos: O primeiro esforço conjunto para oferecer suporte à acessibilidade no Linux