Varejista cobra taxa de quase 7% de usuários que compram utilizando Internet Explorer 7

O site de comércio eletrônico australiano Kogan instituiu a primeira taxa do mundo para usuários do navegador Internet Explorer 7. Quem acessar o site do varejista e comprar algum produto poderá ser taxado em 6,8% pelo simples fato de utilizar esta versão do navegador da Microsoft.

Segundo Ruslan Kogan, diretor-executivo da rede, a razão para a taxa são os custos de adaptação do site para usuários desta versão antiga do navegador da Microsoft.

Em entrevista à BBC, Kogan disse que a ideia começou quando a companhia começou a trabalhar em alterar a página do varejista. Mesmo que apenas 3% dos consumidores do site utilizem o Internet Explorer, a equipe de tecnologia gastou muito tempo em fazer com que as páginas também funcionem de forma apropriada no IE7.

“Eu estava constantemente com a equipe de desenvolvimento e o tempo gasto em fazer com que a página fosse visualizada normalmente no Internet Explorer 7 foi o mesmo utilizado no desenvolvimento para o Chrome, Safari e o Firefox juntos”, disse.

Apesar de não achar que ninguém pagará pela taxa, Ruslan Kogan espera que dessa forma os usuários se sintam encorajados a atualizar a versão do navegador que utilizam ou mesmo utilizar outro.

O Internet Explorer 7 foi lançado em 2006 e a última versão disponível do browser da Microsoft é o Internet Explorer 9. A nova versão do navegador, Internet Explorer 10, deve sair ainda este ano.

0 Comentários

NVIDIA dá um grande passo para melhorar sua experiência de GPU no Linux

 A grande decisão de código aberto da Nvidia para ajudar a melhorar a experiência do Linux nas GPUs NVIDIA. Linus Torvalds ficará feliz em ouvir isso… A NVIDIA finalmente anunciou uma iniciativa de código aberto para melhorar a experiência da GPU no Linux. Infelizmente, não é exatamente o que você pensa, você ainda encontrará drivers proprietários por aí. Mas é tão significativo quanto abandonar os drivers proprietários. Aqui está: a NVIDIA lançou módulos de kernel de GPU de código aberto com suporte para GPUs de data center e placas de consumidor (GeForce/RTX) . E, é licenciado sob uma licença GPL/MIT dupla, parece incrível, certo? Como isso ajuda os usuários de desktop Linux? Os módulos de kernel de GPU de código aberto ajudarão a melhorar a interação entre o kernel e o driver proprietário. Portanto, essa mudança é benéfica tanto para os jogadores quanto para os desenvolvedores , onde os aborrecimentos de trabalhar com um driver proprietário da Nvidia acabarão sendo eliminados. O anú