Por segurança, Google não usa mais Windows

O Google está descontinuando o uso interno do sistema operacional Windows, da Microsoft, por precauções de segurança após um incidente com hackers, informou o Financial Times nesta terça-feira.

Citando diversos funcionários, o jornal afirmou que a decisão de migrar para outro sistema operacional, incluindo o Mac OS da Apple ou o Linux, começou a ser cogitada em janeiro depois que as operações do Google na China foram atacadas por hackers.

A empresa de segurança em internet McAfee disse na época que os ataques ao Google e outros negócios exploravam uma falha desconhecida no browser Internet Explorer da Microsoft, que era vulnerável em todas as versões recentes do Windows.

Segundo o jornal, um funcionário do Google disse que “não estamos mais usando o Windows. É um esforço de segurança”. Outro funcionário afirmou: “Obter uma nova máquina com Windows requer agora uma autorização do CIO (diretor de informação)”.

O Google afirmou em comunicado: “Estamos sempre trabalhando para melhorar a eficácia em nossos negócios, mas não comentamos nossas questões operacionais específicas”.

O Google, que já oferece email, web e outros produtos de software que concorrem com os oferecidos pela Microsoft, está desenvolvendo seu próprio sistema operacional com base no navegador Chrome, que será voltado inicialmente a netbooks ou PCs de baixo custo.

0 Comentários

Zram, um jeito de melhorar a performance em pcs fracos

Como sempre acabo trocando/mudando o sistema do meu HP mini desta vez parti pra algo bem leve, o que seria suficientemente leve ? o LiteLinux. Como esse netbook usa processador de 32 bits a versão atual não funcionaria mais nele, procurando um pouco achei a versão 3 que funcionou. Feita a instalaçao (e aquele processo todo!) faltava definir swap (pq na hora da instalação nao defini nenhuma partição e logo após isso o zram  Se você tem 2 Gb ou menos de espaço na memória RAM, o zRam pode ajudar a melhorar o desempenho do seu sistema. Super fácil de instalar — trata-se de um módulo do kernel que, uma vez ativado, cria blocos de dispositivos baseados na RAM, que funcionam como swap. Dados armazenados neste local são comprimidos na própria memória do sistema. O uso deste módulo ,acaba promovendo uma economia de memória mas, por outro lado, aumenta a carga sobre o processador. NOTA: Você só irá se beneficiar do uso do zRam em aplicações que consumam muita memória e pouco processamento.  O us