Gatos domésticos passam 22% do tempo olhando pela janela


Objetivo era mostrar o que eles fazem quando donos não estão perto.
Estudo mostrou que eles interagem com outros animais em 12% do tempo.

Cinquenta gatos domésticos receberam colares com câmeras para descobrir o que eles fazem quando seus donos não estão por perto. As câmeras tiravam uma foto a cada 15 minutos, segundo a agência "Associated Press".

Com base nas fotos, o estudo mostrou que os felinos gastam cerca de 22% do tempo olhando pela janela, 12% interagindo com outros animais de estimação da família e 8% subindo em cadeiras e em suas casinhas. Apenas 6% gastam o tempo dormindo.

Foram estudadas 777 fotos. O estudo mostrou ainda que os gatos ficam olhando para a televisão, computador e outros equipamentos 6% do tempo e se escondendo debaixo de mesas, outros 6%. Eles também ficam brincando com brinquedos em menos de 5%.

0 Comentários

Red Hat contrata um engenheiro de software cego para melhorar a acessibilidade no desktop Linux

A Red Hat está contratando um engenheiro de software cego para ajudar nos refinamentos de acessibilidade no GNOME, Fedora e RHEL. A acessibilidade em um desktop Linux não é um dos pontos mais fortes a serem destacados. No entanto, o GNOME, um dos melhores ambientes de desktop , conseguiu se sair melhor comparativamente (acho). Em uma postagem no blog de Christian Fredrik Schaller (Diretor de Desktop/Gráficos, Red Hat), ele menciona que eles estão fazendo sérios esforços para melhorar a acessibilidade. Começando com a contratação de Lukas Tyrychtr pela Red Hat , que é um engenheiro de software cego para liderar o esforço para melhorar o Red Hat Enterprise Linux e o Fedora Workstation em termos de acessibilidade. Entre os detaques Estado de acessibilidade no GNOME Enquanto eu mencionei que o GNOME conseguiu ter um suporte de acessibilidade decente no passado, Christian menciona o que aconteceu ao longo dos anos: O primeiro esforço conjunto para oferecer suporte à acessibilidade no Linux