E você achava a sua conexão a internet lenta ...






Pois foi lento, bem lento o que fez o americano K.C., também conhecido como “Phreakmonkey”, que postou no YouTube um vide dele realizando a conexão com um modem feito em 1964 (o modelo do equipamento é um Livermore Data Systems Model A) com 300 bp/s (Os Kbp/s ainda eram um sonho na época)



O vídeo, disponível pelo atalho tinyurl.com/r8k5fp, é impressionante, e serve de consolo para quem acha que uma conexão de um megabit por segundo é lenta.

1 Comentários

  1. Faz lembrar dos desenhos feitos em bloquinhos de papel. Lembra?Que "criança" hoje em dia faria isso? Só se for para filmar e jogar na internet...rs

    ResponderExcluir

Red Hat contrata um engenheiro de software cego para melhorar a acessibilidade no desktop Linux

A Red Hat está contratando um engenheiro de software cego para ajudar nos refinamentos de acessibilidade no GNOME, Fedora e RHEL. A acessibilidade em um desktop Linux não é um dos pontos mais fortes a serem destacados. No entanto, o GNOME, um dos melhores ambientes de desktop , conseguiu se sair melhor comparativamente (acho). Em uma postagem no blog de Christian Fredrik Schaller (Diretor de Desktop/Gráficos, Red Hat), ele menciona que eles estão fazendo sérios esforços para melhorar a acessibilidade. Começando com a contratação de Lukas Tyrychtr pela Red Hat , que é um engenheiro de software cego para liderar o esforço para melhorar o Red Hat Enterprise Linux e o Fedora Workstation em termos de acessibilidade. Entre os detaques Estado de acessibilidade no GNOME Enquanto eu mencionei que o GNOME conseguiu ter um suporte de acessibilidade decente no passado, Christian menciona o que aconteceu ao longo dos anos: O primeiro esforço conjunto para oferecer suporte à acessibilidade no Linux