Stickers e cola

Como fazer um Sticker:

Sticker nada mais é do que um adesivo, como o próprio nome em inglês diz. Aqui no Brasil e no mundo é usado a expressão “Sticker art” para definir os adesivos que são colados na rua com o intuito de intervir na cidade de forma artística, que é o tipo de sticker que estamos falando aqui.
Profissionalmente, um adesivo pode ser feito de duas formas: serigrafia, que é a mais comum, e imprimindo com uma impressora no papel adesivo. Esses dois métodos dependem de alguns recursos que nem sempre estão disponíveis para todos, então vamos ver algumas formas alternativas para produzir seu sticker.
Fazer um sticker com stencil é uma boa opção para quem quer começar, com um papel adesivo ou vinil (que não é aquele vinil de música, é um adesivo plástico), spray e um stencil (que consiste em um papel ou plástico duro - papel cartão, canson, chapa de raio-x - recortado criando, uma mascara deixando passar tinta só onde foi recortado). Dá para fazer bons adesivos que podem ter ótimos resultados, mas um ponto fraco dos adesivos feitos com stencil é que geralmente a tinta acaba saindo com o tempo, mas isso pode ser usado de uma forma boa e ao seu favor.
Uma forma mais simples ainda é pegando, um papel adesivo (de papel mesmo, não de plástico ou couchê), algumas canetas que não saem com água e desenhar no sticker à mão mesmo. Existem pessoas que conseguem resultados muito bons fazendo stickers à mão. Da mesma forma que sticker feito com stencil, o sticker acaba apagando com o tempo.
Existe ainda uma outra forma, mais barata, porém menos durável: simplesmente, em um papel comum, desenhe, escreva ou imprima a mensagem que você quer passar. Seja ela qual for, o ideal é que você conte com um computador com uma impressora simples. Imprima, recorte os excessos e recorte o que realmente interessa, fazendo efetivamente os Stickers.
Para intervenções em massa, tire xerox das demais cópias e recorte totas elas antes de sair de casa. Será mais produtivo e você gastará menos tempo nas ações.
Para fixa-lo, primeiro passa-se uma camada de cola no local a ser fixado o Sticker, em seguida coloca-se o Sticker propriamente dito, e em seguida, recomenda-se passar mais uma camada de Cola sobre o Sticker, para que fique bem grudado mesmo, dificultando assim a sua retirada.
Usualmente, se estiver pensando em ter Stickers em sua mochila sempre à disposição para qualquer ocasião, recomenda-se também levar consigo a "Cola". Para isso, guarde-a em um recipiente como esses de Cola Industrial mesmo, e a tenha sempre à mão para as mais diversão situações. Mas se a sua intensão for a de realmente causar algum "barulho" com suas Intervenções, recomendamos que tire uma noite da semana, e marque com mais um ativista (no mínimo), e saiam para dar uma "volta" pela cidade ou "Local Alvo" de suas Intervenções.

Como fazer a cola:

Cola, como fazer:(Para 1 Litro de Cola)
INGREDIENTES:
- 7 colheres de sopa de farinha de trigo;
- 1 colher de sopa de vinagre;
- 1 litro d'água;
MODO DE PREPARO:
- Ferva 3/4 (750 ml) da água em uma panela grande;
- Misture saparadamente em uma tigela 1/4 (250 ml) da água com as 7 colheres de farinha até dissolver totalmente;
- Ao ferver a água, jogue a mistura com farinha e mexa por 5 minutos até engrossar;
- Coloque o vinagre e mexa por mais 2 minutos;
- Resfrie antes de usar e conserve em geladeira.

DICAS:
- No lugar do vinagre pode-se usar Pinho Sol ou Lisoforme para evitar o apodrecimento;
- Misture outros tipos de colas industriais se quiser;
- Use polvilho doce ou azedo se preferir, substituindo a farinha.

0 Comentários

Ativando e usando o adaptador usb2hdmi com MACROSILICON no Retroarch - Linux Mint

Estava à procura de uma placa de captura baratinha para gravar camera com o OBS e jogar com o Retroarch pra usar no Linux e acabei optando pela Macrosilicon (que na sta efigênia custou R$180,00) preço mediano, mas que gerou muita dor de cabeça para ativar (no windows foi bem tranquilo e o vendedor me afirmou que também funciona no OSX) Tentei por uns 2 meses e nada ativar, mas dai consegui uma solucao que usava pruma antiga placa de captura PCI o V4L !  Vamos aos comandos para ativar: apt-get install v4l-utils ffmpeg para conferir o status dos dispositivos de video: v4l2-ctl --list-devices USB Video: USB Video (usb-0000:00:14.0-2.3): /dev/video1 ASUS USB2.0 Webcam: ASUS USB2.0 (usb-0000:00:1a.0-1.4): /dev/video0 conferindo como ficou : v4l2-ctl --all -d /dev/video1  Driver Info (not using libv4l2): Driver name   : uvcvideo Card type     : USB Video: USB Video Bus info      : usb-0000:00:14.0-2.3 Driver version: 4.15.18 Capabilities  : 0x84200001 Video Capture Stream