Netscape terá suporte encerrado no início de março

A AOL, atual proprietária do browser (software para navegação na internet) Netscape Navigator, anunciou que irá encerrar o suporte ao programa no dia 1o de março, segundo matéria da rede britânica BBC.

Durante a primeira metade dos anos 1990, quando a internet começava a se popularizar, o browser chegou a ser usado por mais de 90% dos usuários da web. No entanto, o crescimento de concorrentes como o Internet Explorer, da Microsoft, corroeu a base de apoio ao Netscape, que hoje responde por apenas 0,6% da utilização.

De acordo com a reportagem da BBC, a AOL recomendou aos usuários remanescentes do programa que mudem para o Firefox ou o Flock, browsers que usam tecnologias similares à do Netscape.


Aviso

Durante a semana passada, os usuários do Netscape receberam uma mensagem alertando sobre o fim do suporte ao browser. “Devido ao foco atual de negócios da AOL, o suporte ao Netscape será encerrado no dia 1o de março”, dizia a nota, que na seqüência recomendava o uso do Firefox ou do Flock.

O Firefox é hoje o principal concorrente do Internet Explorer, especialmente na Europa, aonde chega a ter 28% do mercado de acordo com a BBC. O programa já foi baixado mais de 500 milhões de vezes e chega a ser o browser mais popular em países como a Finlândia.

Já o Flock se descreve como o “browser social”, permitindo que os usuários acessem perfis de redes sociais como o Flickr e Facebook e postem em blogs sem precisar navegar até a respectiva página.

No entanto, de acordo com a BBC muitos usuários não estão nada satisfeitos em trocar o Netscape por alguma alternativa. “Estou triste. O Flock ainda precisa de aperfeiçoamentos, e não gosto da interface do Firefox. Sou um órfão”, dizia um post no blog do Netscape.

0 Comentários

NVIDIA dá um grande passo para melhorar sua experiência de GPU no Linux

 A grande decisão de código aberto da Nvidia para ajudar a melhorar a experiência do Linux nas GPUs NVIDIA. Linus Torvalds ficará feliz em ouvir isso… A NVIDIA finalmente anunciou uma iniciativa de código aberto para melhorar a experiência da GPU no Linux. Infelizmente, não é exatamente o que você pensa, você ainda encontrará drivers proprietários por aí. Mas é tão significativo quanto abandonar os drivers proprietários. Aqui está: a NVIDIA lançou módulos de kernel de GPU de código aberto com suporte para GPUs de data center e placas de consumidor (GeForce/RTX) . E, é licenciado sob uma licença GPL/MIT dupla, parece incrível, certo? Como isso ajuda os usuários de desktop Linux? Os módulos de kernel de GPU de código aberto ajudarão a melhorar a interação entre o kernel e o driver proprietário. Portanto, essa mudança é benéfica tanto para os jogadores quanto para os desenvolvedores , onde os aborrecimentos de trabalhar com um driver proprietário da Nvidia acabarão sendo eliminados. O anú