sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Ladrão tenta extorquir Nintendo após roubo de dados de usuários

A Nintendo Ibérica informou na quarta-feira que um suposto criminoso roubou de sua base de clientes os dados de 4.000 usuários maiores de 16 anos e tentou negociar um acordo em troca para não denunciar a empresa às autoridades competentes.

Segundo a empresa, a ação ocorreu no último dia 6 de fevereiro.

No processo, foram subtraídos o nome, o número do documento de identidade, o código postal, data de nascimento e telefone "de 4.000 usuários maiores de 16 anos".

Como informou a empresa, no dia seguinte, na última segunda-feira, o pirata virtual enviou e-mail a Nintendo propondo o "início de uma via de diálogo pela qual possam chegar a um acordo que evite esforços legais desnecessários" em troca de não denunciar o grupo diante das autoridades de proteção de dados.

A empresa cancelou o registro "em linha" de seus clientes, substituiu por um sistema telefônico, e confirmou, mediante uma perícia externa e independente, que tinha ocorrido o roubo.

Nintendo Ibérica disse nesta quarta que "em nenhum caso pode negociar com os dados pessoais de seus usuários" e informou que o criminoso continuou ameaçando à empresa em sucessivas mensagens para que um diálogo tivesse início e chegou a estabelecer prazos para dar informação às autoridades e a imprensa.

Nenhum comentário: