quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

gabinete de papelão




















O computador acima é parte da competição de design proposta pela conferência Greener Gadgets, focada em tecnologia aliada a ecologia, e tem um gabinete todo feito de papelão. Além de esteticamente interessante, o projeto tem como objetivo representar menor volume de material a ser descartado ao fim da vida útil da máquina. Internamente o gabinete abriga um processador Intel Core 2 Duo com 2GB de RAM.

Quanto à questão da segurança, o designer argumenta que o papelão é na realidade ainda mais resistente ao calor que os materiais plásticos normalmente encontrados em cases de PCs. Ao passo que o plástico derrete a 120ºC, o papelão usado não entra em combustão em temperaturas inferiores a 258ºC.

Nenhum comentário: